Sábado, 5 de Setembro de 2009

PRECIOSA É, À VISTA DO SENHOR, A MORTE DOS SEUS SANTOS

Salmo 116                                                     Salmo 116:15

 

                    Parece um contra-senso a morte ser uma bênção, no entanto é esta a mensagem de Deus - "Preciosa é, à vista do Senhor, a morte dos Seus santos" (Salmo 116:15) e "Bem-aventurados (felizes, muito felizes) os mortos que, desde agora, morrem no Senhor... para que descansem dos seus trabalhos e as suas obras os sigam" (Apocalipse 14:13).

 

                      Mas isto é mesmo assim, porque  a morte para o salvo por Jesus não é a mesma coisa que a morte para o ímpio em sua incredulidade. As pessoas que morrem crentes em Jesus mudam desta terra para o Paraíso de Deus, como o ladrão da cruz (Lucas 23:43), como o Lázaro da parábola (Lucas 16:22), como Estevão, o primeiro mártir da fé cristã (Actos 7:58-60). Os crentes morrem no corpo e são levados pelos anjos para o céu (Lucas 16:22), enquanto os ímpios morrem no corpo e acordam nos tormentos do inferno (Lucas 16:22b-24).

 

                         Por isto, preciosa é a morte dos santos (salvos) à vista do Senhor. Deixaram seus tormentos e trabalhos para irem receber o prémio dos vencedores com Cristo, para irem ao encontro do seu Senhor e Salvador.

 

                         És tu um dos santos do Senhor, purificado e lavado pelo precioso sangue de Jesus? Já crês no Senhor  Jesus como teu Único e suficiente Salvador? Já nasceste de novo, na família de Deus?

 

                          Hoje é o tempo próprio para o fazeres. Amanhã pode não haver mais oportunidade.

 

publicado por archote às 07:51

link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Anderson a 11 de Janeiro de 2012 às 12:25
Olá, Amado
Paz do Senhor!

Sua interpretação não está de todo equivocada, mas fazendo uma exegese da palavra preciosa no original percebi que "precisa" quer dizer: Custa caro, ou seja, para Deus será menos um para fazer a diferença neste mundo vil, menos um para falar do amor de Deus, menos um para ser testemunho de cristão convicto, menos um pregar o evangelho de Cristo, menos um para orar pelos enfermos e esses serem sarados.
É bem verdade que Deus não precisa de nós para nada, mas ele quer usar nossas vidas para que seja manifestado o amor e graça Dele sobre suas criaturas.

Que Deus te abençoe!

atenciosamente,
Anderson Dias
61 3486 6637
61 9614 0168
De Antonio Gomes de Souza a 18 de Junho de 2015 às 02:05
Irmão, eu concordo plenamente coma publicação do comentário postado por Archote, ao meu ver percebo que a sua exegese é que está totalmente fora do contexto. Não existe ninguém insubstituível. Deus pode usar a quem ele quiser para dar continuidade à Sua obra. Deus tem poder para usar até mesmo um animal ou uma pedra ou qualquer outra coisa. Deus não precisa de nós não! Ao contrário. trabalhar em prol de Sua obra é privilégio.
De Anónimo a 17 de Setembro de 2014 às 16:08
Parabens! sempre que leio algo rico sobre a morte do justo fico mais fortalecida no Senhor Jesus...
De Rosana de Freita a 23 de Maio de 2016 às 17:13
Paz amados!!!Concordo com o irmãos que falou da substituição e também nosso amado Apostolo Paulo fala: para mim o viver é Cristo e o morrer é lucro. É... muitos não sabem se vai perseverar até o fim como o nosso Deus é onisciente Ele sabe o que faz.
De neide bento a 2 de Fevereiro de 2017 às 18:23
Deus ele tem prazer na morte do crente porque já é salvo,Ele não tem prazer na morte do impio porque Ele quer que este se arrependa de seus pecados se converta e se salve
De Anónimo a 19 de Fevereiro de 2017 às 20:39
mensagem poderosa mas sempre tem um teólogo pra quere aparecer e diser que não é bem assim que no grego no hebraico etc
Deus tem usado homens com uma mensagem simples mas poderosa vamos ficar na simplicidade daquilo que Deus mostrou ao seu servo neste post mensagem irretocavel que Deus nos guarde de perdermos essa simplicidade o clamor da igreja da ultima hora é menos teoria e mais pratica da palavra do Senhor
De Anónimo a 22 de Abril de 2017 às 22:06
Eu crer assim estaria afirmando eu tenho uma alma imortal, e que não existe porte e sim o começo de uma outra vida muito melhor, eu não creio assim porque em João 5-28-29 diz que todos os que estão nos túmulos memórias se levantarão como almas viventes ou seja pessoas normais de carne e ossos, se as pessoas possui corpos espirituais e continuam vivas elas devem se juntas aos outras pessoas espirituais, então não sobraria ninguém nós túmulos para serem trazidas pela ressurreição de Cristo. Adão e Eva foram enganados por essa razão quando acreditou no mentiroso Satanás que eles não morria, mais sim se tornaria iguais a Deus, ou seja eles passaria a ser seres espirituais.
De Anónimo a 9 de Março de 2018 às 16:01
O Caso do Salmo 116:15
O Salmo 116:15 em 4 traduções diferentes:



"Preciosa é aos olhos do SENHOR a morte dos seus santos."

Versão: Almeida Revista e Atualizada



"Preciosa é à vista do SENHOR a morte dos seus santos."

Versão: Almeida Revista e Corrigida



"O SENHOR Deus sente pesar quando vê morrerem os que são fiéis a ele."

Versão: Nova Tradução na Linguagem de Hoje



"O Senhor vê com pesar a morte de seus fiéis."

Versão: Nova Versão Internacional



É inevitável não se perguntar: por que estão tão diferentes as últimas duas traduções em relação às demais, que são consideradas até mais tradicionais e fiéis ao original por algumas pessoas e estudiosos?

Durante o Seminário de Ciências Bíblicas da SBB, que ocorreu neste último fim de semana aqui em Palmas, foi apresentada essa questão e a resposta encontra-se abaixo para aqueles que querem aprender mais da Palavra de Deus.



Graça e Paz a todos.



Resposta dada pela Sociedade Bíblica do Brasil:



"É preciso olhar o contexto, que ajuda a determinar o sentido em que cada palavra é empregada. Não é possível traduzir certa palavra do original sempre pela mesma palavra em português. A palavra yaqar é um bom exemplo de como o contexto ajuda a determinar o sentido das palavras. O texto de Salmo 116.15 aparece assim na tradução de Almeida: "Preciosa é aos olhos do SENHOR a morte dos seus santos."

A NTLH traduz assim: "O SENHOR Deus sente pesar quando vê morrerem os que são fiéis a ele." O adjetivo yaqar é aplicado, por exemplo, a pedras preciosas, e no Salmo 36.7 é fácil entender-se o que o salmista diz: "Como é precioso o seu amor!" Mas no contexto do Salmo 116, fica esquisito pensar-se que o salmista esteja afirmando que a morte de um dos adoradores do SENHOR seja algo que alegre ou agrade a Deus.



Isso porque no contexto próximo (versículos 3-4,8-9) o salmista declara ter sido libertado do perigo da morte e agora anda, agradecido, no mundo dos vivos. O que o salmista diz é que o SENHOR não fica alegre quando um dos seus fiéis morre; ele fica triste. E fica triste porque, quando um desses fiéis morre, como pensava o povo do Antigo Testamento, vai parar no mundo dos mortos, um buraco imenso e escuro, onde reina silêncio absoluto. É um adorador a menos para o SENHOR, porque, como diz o Salmo 6.5 (contexto remoto): "pois no mundo dos mortos não és lembrado, e lá ninguém pode te louvar."



No Salmo 116, portanto, yaqar quer dizer "custoso". A morte de um dos fiéis é "custosa" para Deus. Algumas Bíblias traduzem esse versículo exatamente assim: "Custa ao Senhor ver morrer um dos seus fiéis." A perspectiva do Novo Testamento sobre a morte é diferente. Mas o Antigo Testamento não pode ser traduzido pela ótica do Novo Testamento. Embora o Antigo Testamento faça parte do cânon da nossa Bíblia, deve ser traduzido como Escritura hebraica ou judaica. É preciso dar o sentido que a mensagem teve no tempo em que foi transmitida e como foi entendida pelos leitores daquele tempo. Isso inclui, naturalmente, preceitos éticos e conceitos teológicos considerados pré-cristãos"



Extraído de: http://www.sbb.org.br/interna.asp?areaID=68



--

"E conhecerão a verdade, e a verdade os libertará." Jo 8:32

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds