Quinta-feira, 29 de Outubro de 2009

AMADOS, PROVAI OS ESPÍRITOS

I João 4:1-6                                                         I João 4:1

 

 "Amados, não deis crédito a todo o espírito,
mas provai se os espíritos são de Deus,
porque há muitos falsos profetas que se têm levantado no mundo..."

                    

                     Provai os espíritos e vede se são de Deus e vos falam a Palavra de Deus, ou se provêm do inferno e vos infernizam com falsos ensinos e palavras que não são a PALAVRA DE DEUS. Tende cuidado de vós mesmos e da doutrina...

 

                     Conta-se que havia uma aranha que vivia plácida, feliz e pacificamente numa linda floresta, onde tinha armado a sua teia entre os galhos de uma árvore. Tudo corria bem e ela tinha abundância de caça, que apanhava com a sua teia, tecida à moda antiga.

 

                     Um dia, a bicharada da floresta reuniu-se em "assembleia magna" para discutirem as novas tecnologias, os novos métodos, a nova linguagem de se comunicarem, enfim, para discutirem um novo sistema de vida, pois o mundo estava diferente e eles não podiam ficar para trás. Tinham que acompanhar a modernização.

 

                      A pobre aranha ficou aflita.  Embora tivesse um temperamento calmo e pacífico, não ficou nada feliz quando lhe chamaram "bota de elástico", antiquada, velha  e outros epítetos que a afligiam. Sempre tudo correra bem, mas agora ficou nervosa e começou a inspeccionar a sua teia. Não viu nada de mais, nem de menos. Tudo estava no lugar e tudo cumpria a sua missão de caçar insectos para a sua alimentação.

 

                     Quase desesperada, olhando e tornando a olhar, lá descobriu um fio da sua teia que não lhe pareceu ter grande utilidade. De facto, nem uma simples mosquita tinha sido caçada por aquele fio. Resolveu cortá-lo para renovar também a sua bela e útil teia. Mas... oh!... quando o cortou, toda a teia se desfez! Aquele fio era o que segurava toda a estrutura da sua teia! Por ter querido inovar, sem  bem pensar, tinha agora diante de si uma semana inteira de trabalho e, ainda por cima, sem nada para se alimentar!...

 

                     O mundo de hoje está repleto de ideias, filosofias e movimentos que sugerem modificações e mudanças em tudo -- na estrutura da família, na ordem das igrejas, no ensino da Palavra, mas, a grande verdade é que há princípios que são eternos e imutáveis e, quando mexemos neles, arriscamo-nos a deitar tudo ao chão, com gravíssimos prejuízos.

 

                     Por isso, tenhamos cuidado, aprendamos a discernir os espíritos e não sigamos atrás de qualquer vento de doutrina moderna, ainda que pareça muito boa. Há um "fio" que vem de cima (de Deus) pela Sua Palavra e da Sua Palavra e esse nunca pode ser destruído, mesmo a troco de aparentes coisas boas.

 

                     Provemos os espíritos e aprendamos a discernir o que é certo e o que é errado. Cuidado com as inovações, podem ser perigosas.

 

publicado por archote às 07:44

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds