Sábado, 26 de Dezembro de 2009

VIMOS A SUA LUZ

Mateus 2:1-12                                                      Mateus 2:1

 

                    Os Magos viram a luz do Rei, que havia nascido em Belém da Judeia,  e foram adorá-lO e presenteá-lO com seus tesouros de ouro (símbolo da realeza de Jesus), incenso (símbolo da Sua deidade) e mirra (símbolo do sofrimento que teria de enfrentar para cumprir a Sua missão na terra).

 

                     Esta luz que os Magos viram no Oriente, e pela qual foram guiados, havia sido profetizada desde a antiguidade (Números 25:17 e Isaías 9:2, 6) e concretizou-se nos tempos do rei Herodes, trazendo-os até Belém da Judeia.

 

                     Nasceu Jesus, o Rei, não só dos judeus, mas também de todos aqueles que n'Ele crerem como Senhor e Salvador. Jesus é a Luz do mundo, a Luz que transforma vidas e as guia pelas veredas da justiça, da santidade, da verdade e do amor. Ele, Jesus, é a Única Luz que nos indica a senda da absolvição e o Caminho para Deus.

 

                    Jesus é a Luz que avisa o homem dos perigos que corre. As luzes de Natal são luzes que deslumbram, mas apenas para iludir. Jesus,  a Luz do mundo, indica o Caminho, a Verdade  e a Vida.

 

                    Deixa a Luz de Cristo resplandecer na tua vida, e os homens dobrarão os seus joelhos em adoração ao Pai. "Assim resplandeça a vossa luz diante dos homens, para que vejam as vossas boas obras e glorifiquem a vosso Pai que está nos céus" (Mateus 5:16).

 

                   A Luz de Jesus é a única luz verdadeira (João 1:5) e é a Luz que ilumina, transforma, aquece, conforta e dá sentimentos de descanso e verdadeira paz (Mateus 11:28).

 

                    Não percamos de vista a razão e o desafio da Luz de Natal (João 3:16), porque quem a perde de vista está condenado para sempre (João 3:18)

 

publicado por archote às 07:54

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds