Quarta-feira, 23 de Agosto de 2006

MENTIRA

                     A mentira foi a primeira arma brandida por Satanás contra o homem, lá no Éden. Desde então, quantos estragos tem causado, quantas lágrimas tem feito verter, quanto sangue tem derramado, no mundo, ao longo dos milénios.

                     Não obstante todos vermos isso, a mentira continua a ser praticada em todas as suas nuances. As mais terríveis e elaboradas mentiras - políticas, económicas, morais e sociais -  até as meias verdades, ditas mentiras desculpáveis, mas que não deixam de ter o mesmo objectivo  -  enganar o próximo - e de produzir os mesmos resultados - a morte, a corrupção do homem e o seu  afastamento de Deus.

                     A mentira é a filha primogénita do Diabo (João 8:44-45) e continua a proliferar no coração do homem. Donde provêm as guerras e as pelejas? Por ventura não vêm do nosso coração mentiroso e cheio de soberba, invejas e paixões desenfreadas?

                    Deixai a mentira e chegai-vos a Deus, que Ele se chegará a vós! Chegai-vos a Deus e o Diabo fugirá de vós (Leia Tiago 4:1-17)

                    Olhai para o fim triste do traidor e mentiroso Judas Iscariotes - enforcado numa figueira.

                    Olhai para os mentirosos Ananias e Safira - mortos nas teias da sua mentira (Actos 5:4-10).

Deixemos a mentira
e falemos só a verdade uns com os outros.

publicado por archote às 13:46

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds