Domingo, 17 de Outubro de 2010

O SENHOR AMPARA O ÓRFÃO E A VIÚVA

Salmo 146                                                  Salmo 146:9

 

 

                     Este é um Salmo de contrastes entre Deus e os homens. Os homens frágeis, falíveis, mortais e o Deus eterno, salvador, fiel, providente, misericordioso e piedoso. É uma diferença abismal. Deus, é Deus Criador e Sustentador; o homem é criatura mortal e carente.

 

                      O nosso Deus é um  Deus piedoso, que cuida das Suas criaturas com muito amor, fidelidade e diligência - "Fui moço e agora sou velho, nunca vi desamparado o justo, nem a sua descendência a mendigar o pão" (Salmo 37:25). Deus é fiel. Espera no Senhor e guarda os Seus caminhos e Ele te exaltará.

 

                      Deus tem cuidado dos órfãos, das viúvas, dos doentes e desamparados. A Sua providência para eles nunca falha, mesmo que tu e eu sejamos infiéis e fraudulentos na entrega dos nossos dízimos e das ofertas que devemos ao Senhor. Se nós falharmos no nosso compromisso para com Ele, cedo Ele levantará outros mais dignos para suprirem o que nós Lhe sonegamos.  Esses nos substituirão, mas também receberão melhor galardão que nós.

 

                      Sejamos fiéis a Deus, que é fiel e nunca, jamais, Se negará a Si mesmo. Bem-aventurado aquele que tem o Deus de Jacob por seu auxílio, e cuja esperança está posta no Senhor Deus, que fez os céus e a terra, que faz justiça aos oprimidos, que dá pão aos famintos, que abre os olhos aos cegos, que levanta os abatidos, guarda os estrangeiros e ampara os órfãos e as viúvas.

 

                      Esse reinará eternamente com seu Deus, em Sião, de geração em geração.

publicado por archote às 07:08

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds