Quarta-feira, 29 de Dezembro de 2010

CAIM ERA DO MALIGNO E MATOU A SEU IRMÃO

I João 3:11-12                                                      I João 3:12

 

 

                     Caim era do maligno, as suas obras eram más, por isso, matou seu irmão. Estas são as obras do pecado -- a morte, o sofrimento e o eterno afastamento de Deus.

 

                     Não era só a inveja que imperava em Caim, para matar o seu irmão Abel. Caim era um  homem inteiramente do maligno, por isso, tudo o que fazia e pensava era em oposição a Deus. As suas obras eram más, em contraste com as boas e justas obras de Abel.

 

                    No fundo, mesmo lá no fundo, temos de reconhecer que Deus tinha razão quando não atentou para a oferta de Caim, mas se regozijou com a oferta de Abel. Esta era a oferta da sinceridade e da entrega total (Génesis 4:1-6).

 

                    Todos temos que prestar contas a Deus da nossa vida, honesta ou desonesta, boa ou má. Lembremo-nos que só "o sangue de Jesus Cristo, o Seu Filho, nos purifica de todo o pecado". Todos temos pecado, mas o sangue de Jesus tem poder salvador e regenerador. Creiamos na sua eficácia.

 

                    Aqui está a resposta a todos que perguntam: - que culpa tenho eu de nascer pecador? Tu não tens culpa, mas os teus pecados são o fruto da tua natureza pecaminosa.  Deus te julgará pelas tuas obras e não pelos pecados de Adão, Caim, Acam ou qualquer outro.

 

                    Todos os que crêem na obra expiatória de Jesus Cristo, o Senhor, são perdoados dos seus pecados ( I João 1:7).

 

                    Por favor, não permaneças no maligno. Derrota-o pela fé em Jesus e sê um dos vitoriosos que habitarão o céu com Jesus e Seus resgatados.

publicado por archote às 07:30

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds