Domingo, 27 de Março de 2011

COMO SABEREI ISTO ?

Lucas 1:12-21                                           Lucas 1:18

 

 

Esta era a grande dúvida de Zacarias, sacerdote em Jerusalém --  como saberia ele que, agora na sua velhice, iria ter um filho com sua mulher Isabel, também ela há muito incapaz de gerar, por ser estéril e por já ser velha.

 

Para Deus não há impossíveis. As estéreis darão à luz, as virgens conceberão, os mortos ressuscitarão, porque não há Deus como Jeová. Todos os deuses dos povos são coisas vãs, mas o Senhor fez os céus (Salmo 96:5). Assim, Zacarias gerou um filho e Isabel, sua mulher, estéril e há muito sem ovulação, deu à luz a João Baptista, que seria o precursor do Messias.

 

Talvez, neste momento em que lês esta simples nota, estejas perante uma grande dúvida na tua vida. Talvez perguntado a ti mesmo "mas, como será isto?"

 

Entrega o teu caminho ao Senhor, confia n'Ele de todo o teu coração e Ele te esclarecerá (Salmo 32:6), incluindo esclarecer-te e mostrar-te o caminho certo. Com Ele nunca erramos. Sim, levanta-te, conta-Lhe a tua aflição, pede ajuda para a tua dúvida e "Ele te esclarecerá" (Efésios 5:14). Deus o fez com Zacarias, Ele o fará contigo e comigo, porque Ele é o mesmo ontem, como hoje e como o será eternamente.

 

O Senhor, desde que confiemos n'Ele, nunca nos deixará na dúvida. A Seu tempo resolverá os nossos problemas e iluminará os nossos caminhos com a Sua graça.

publicado por archote às 07:45

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds