Segunda-feira, 4 de Abril de 2011

EM JERUSALÉM SE CUMPRIRÁ TUDO O QUE ESTÁ ESCRITO PELOS PROFETAS SOBRE O FILHO DO HOMEM

Lucas 18:31-34                                                   Lucas 18:31

 

 

Jesus subiu a Jerusalém, com os doze, plenamente consciente de que havia chegado a hora de se cumprir n'Ele tudo quanto os profetas tinham escrito sobre Si. Seria escarnecido, injuriado, julgado, condenado e morto numa vergonhosa cruz, mas ao terceiro dia ressuscitaria, vitorioso sobre a morte e sobre o pecado. Os discípulos não entendiam esta mensagem, mas ela concretizar-se-ia. Morreria pelos pecados da humanidade, mas ressuscitaria para glória de Deus e salvação do mundo!

 

Eles, discípulos, não compreenderam, porque aos seus olhos era um projecto fracassado. O melhor seria não ir para Jerusalém e não enfrentar tantos e tão grandes problemas. Podiam ir para outras paragens; podiam abrandar o ritmo e deixar que os ânimos serenassem; podiam pensar noutro caminho para atingir o fim; tudo, menos ir agora para Jerusalém e enfrentar uma guerra desigual com as autoridades, que até tinham boas "cunhas" na casa de Pilatos e tinham dinheiro para comprar pessoas e consciências. Jesus não pensava assim. Ele tinha vindo para aquela hora, para cumprir o que estava escrito. Iria até ao fim, mesmo que isso lhe custasse a vida.

 

Neste texto, e tendo em mente que Jesus é Deus Omnisciente, Ele sabia que Deus o Pai não deixaria de cumprir toda a justiça:

  • Ele enfrentou os factos e marchou corajosamente para Jerusalém
  • Ele cumpriu todo o Seu ministério, incluindo querer salvar o traidor
  • Ele corajosamente deu a Sua vida por nós

Parece um projecto de tolos, mas era o caminho para a salvação dos homens, e Jesus não hesitou em cumpri-lo. Era um projecto sem nexo, desconcertante, tolo aos olhos dos homens, mas era o plano de Deus para salvação da humanidade e Jesus executou-o. Aos olhos dos homens era um fracasso, mas, segundo Deus, foi o caminho para a vitória.

 

Os planos de Deus não são os nossos planos ou pensamentos. Estão para cima do que é racional para o homem, mas dão certo e conduzem à vitória.

 

Jesus chamou a Si os Seus que, embora não entendendo o alcance dos pensamentos de Deus (Jesus), O seguiram (alguns contrariados e desanimados, como Tomé - João 11:16),  foram com Ele para Jerusalém e creram n'Ele, acabando por serem participantes da Sua vitória. Foi difícil, mas valeu a pena. Eles viram o Mestre ressuscitado, falaram, comeram com Ele e ouviram os Seus ensinos finais. Que bênção inigualável que eles (e porque não nós?) acabariam de ter. Deus nem sempre nos revela logo todo o Seu plano, mas faz sempre o melhor para nós. Sigamo-lO e procuremos fazer sempre a Sua vontade e, no fim, seremos recompensados como jamais imaginaríamos!

 

Se estivermos em comunhão com Ele e reconhecermos que Ele nos está incluindo nos Seus planos, seremos ricamente consolados e abençoados. Ela sabe que o que nos faz é para nosso bem.

publicado por archote às 07:21

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds