Sábado, 21 de Janeiro de 2012

OS QUE RECEBERAM A SEMENTE EM BOA TERRA SÃO OS QUE OUVEM A PALAVRA... E DÃO FRUTO

Marcos 4:14-20                                           Marcos 4:20

 

A parábola do semeador é uma das mais conhecidas ilustrações dadas por Jesus no Seu ministério de ensino. Nesta parábola há diversos itens a considerar - o semeador, a semente (a palavra de Deus), os diversos tipos de terra, a quantidade de fruto produzido.

 

Neste pequeno devocional, sem querer descorar o valor a qualquer dos tópicos (pois todos eles são muito importantes para a boa compreensão da parábola), gostaria de pensar sobre os diversos tipos de terra em que a semente caiu e, simultaneamente, interrogar-me sobre o tipo de solo que eu sou. Terra que produz a cem por cento, a sessenta, a trinta, ou terra estéril?

 

O terreno onde cai a semente é o tipo de pessoas que é semeado pelo semeador. Há a terra seca e dura do caminho. A semente, embora boa, nem tem condições para germinar e crescer, nem tempo, pois logo vêm os "corvos" e a devoram rapidamente; há a terra que, não tendo sido preparada, nem tiradas as duras pedras, deixa que nos seus interstícios a semente germine e cresça um pouco, mas logo seca e desaparece; há a terra que está cheia de ervas daninhas e espinhos que, crescendo, abafam e matam a semente. Jesus ensinou que essas ervas daninhas e espinhos são os cuidados desta vida,  a que, erradamente, damos prioridade, tais como as ambições desmedidas, os enganos, os trabalhos, as riquezas. É preciso preparar o terreno com antecipação para que a sementeira resulte.

 

Finalmente, Jesus fala da terra preparada para receber a semente que, caindo nos nossos corações, germina, cresce, floresce e amadurece em quantidades de percentagens diferentes. Nem todos temos os mesmos dons, mas, se produzirmos para o Senhor, nisso Ele é glorificado. Usemos convenientemente os nossos dons para que a produção, abençoada com a chuva dos céus, seja maior, atingindo até os cem por cento.

 

Só um tipo de terreno dá fruto, embora em percentagem diferente. Mas isso sempre glorifica o Nome do Senhor.

 

Que tipo de solo somos nós? Seco, pedregoso, espinhoso ou preparado para receber a Semente da Palavra?

publicado por archote às 07:14

link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds