Quarta-feira, 21 de Janeiro de 2015

PERTO ESTÁ O SENHOR

Salmo 145:18                                            João 6:16-21

 

Jesus nunca está longe daqueles que ama. Por vezes parece-nos que estamos sós, abandonados, no meio do mar de problemas, doenças e morte. Mas, não. Jesus está ali ao alcance de um pedido de ajuda. Já experimentaste isto alguma vez?

 

Como foi doce e reconfortante sentir a Sua presença! Como foi gracioso o toque   da Sua mão segurando  a nossa!

 

Lembramos aqui o episódio narrado em João 6:16-21. Depois da partilha dos cinco pãezinhos de cevada e dos dois peixes por mais de cinco mil homens, não contando as mulheres e as crianças, recolhidos os doze cestos cheios de sobras, pois já não havia ninguém com fome, os discípulos desceram ao mar, enquanto Jesus ficava, Ele só, no monte, em oração.

 

A oração é algo muito importante na vida do filhinho de Deus. A oração não é apenas pedir, é, sobretudo, louvar, adorar, ter comunhão com Deus. Jesus ficou no monte a louvar a Deus pelo milagre feito; a buscar o Pai para poder cumprir, ter forças para levar por diante o Seu ministério e não fazer o que os homens queriam fazer d'Ele - um senhor que lhes desse de comer sem trabalharem, que curasse as suas doenças, lhes desse poder e fama no mundo. Jesus foi orar, foi estar com o Pai, como nas grandes ocasiões do Seu ministério. Quando O quiseram fazer rei (João 6:13), mais tarde quando ressuscitou Lázaro, antes da Sua morte no Calvário, Jesus esteve no Getsemani em oração - "Faça-se a Tua vontade".

 

Oração foi o que os discípulos esqueceram quando, no mar, a cerca de 5.000 metros da terra, um terrível temporal desabou sobre eles. Eles fizeram tudo para manter o barco navegando. Gastaram toda a sua técnica de pescadores experimentados, mas as coisas iam de mal a pior e eles não oraram! Não  pediram a Jesus para que multiplicasse os pães para alimentar a multidão faminta. Não se lembraram do Mestre que tantas coisas lindas lhes ensinara no Sermão do Monte. Não se recordaram do Deus que já tinha curado tantos doentes e resolvido tantas situações difíceis.

 

Estavam desesperados, tristes, pois já viam a morte diante deles. Era tão grande o seu medo e tão frágil o seu estado de espírito que até já viam fantasmas assustadores...

 

"Não temas, sou Eu". Eu estou aqui. Eu amo-vos muito. Jamais vos desampararia. "Porque tendes tão pouca fé?"

 

Recebendo-O alegremente no barco, o temporal acabou e o barco chegou à terra para onde iam.

 

Quando temos fé em Deus e somos capazes de crer que "perto está o Senhor de todos os que O invocam", os temporais acabam, os problemas morrem e nós chegamos à terra que queremos alcançar.

 

"Não temais, sou Eu"! Estou aqui para vos salvar e levar à terra prometida, à casa que  vos prometi que ia preparar. "Credes em Deus? Crede também em Mim"!

 

   

 

 

 

publicado por archote às 07:04

link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

. PARE, MEDITE E ORE

.arquivos

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Dezembro 2014

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Junho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Fevereiro 2014

. Janeiro 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds